domingo, junho 25, 2006

Orgulho Gay

"Milhares de pessoas participaram hoje em várias cidades europeias na marcha do orgulho gay, para exigirem o acesso ao casamento e à adopção de crianças entre casais do mesmo sexo. Lisboa não foi excepção. Em Lisboa, mais de 300 pessoas participaram na 7ª Marcha Nacional do Orgulho Lésbico, Gay, Bissexual e Transgénero para exigirem acesso ao casamento civil, à parentalidade e a uma educação para a diversidade. "
Mais de 300? O circo teve um sucesso brutal, não há dúvidas. Agora há parar o país para resolver os sérios problemas que afectam esse numeroso grupo de portugueses. Bem vistas as coisas, os problemas gays são mais prementes que os do resto da população portuguesa.

19 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Apenas 300 na manif.. Nao posso crer e os outros ?? Bando de pecadores e ainda querem adoptar crianças .Vergonha coitada da criança ..Futuro gay claro ...

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous sergio said...

Orgulho Gay?
isto é orgulho imagem se fosse um circo como seria um espetaclo
estes senhores e senhoras sao tudo menos homosexuais.
deviam era ter vergonha na cara (nao pela orientaçao sexual)mas sim pela fantochada, e penssem nos outros.
A vossa liverdade nao da o direito de fazerem este tipo de atentados ao pudor, isto sim é que é um verdadeiro atentado ao pudor.
Ja agora onde estavas as autoridades deste pais, estao sempre a dizer que esta e aquela manifestaçao nao e legal ou nao tem legalidade e concordao com um pouca vergonha destas.
será que as nossas autoridades politicas (pois as militares nao tem poderes para isso) sao tambem todas gays?
se o sao nao tenham medo em assumirem ou ja se esqueceram que nos somos todos muito liberais,
entao nao tenham medo de tomarem as posiçoes que tiverem a tomar sejam elas quais forem

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous canis lupus said...

Pelo nº de pessoas presentes ( cercade 300 ) mais valia que se deixassem de fantochadas que só ajudam a desacreditar e a lançar no ridiculo todos os que nela participaram, portanto mais valia que se dedicassem a pedir e a lutar por " coisas " que beneficiem todos os portugueses e não uma minoria folclórica,pantomineira e com ganas de querer ter todos os anos os seus 5 minutos de fama, vocês foram ,por breves minutos, mais um circo para os portugueses desviarem a atenção dos graves problemas que os afligem. Vocês é que querem ser vitimizados, porque pela tão grande adesão ( 300 pessoas ), ninguém se vai dar ao trabalho de se incomodar com a vossa presença.

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Pois, hoje foi mais uma parada gay. eu sou gay e não concordo com estas bichas que denegram os gays. estou contra os vestidos, saltos altos, leques e perucas. é mesmo desta forma que vamos conseguir que nos respeitem. estas festas são sempre umcirco. bem hajam as bichas

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous cidadão atento said...

"uma educação para a diversidade"
Ou seja, a Educação a promover a homosexualidade.
Qualquer dia acabam a reivindicar que a homosexualidade seja obrigatória.

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Casem lá a vontade...pelo civil, claro, mas adoptar crianças??? Por amor de Deus, que culpa têm as crianças??? Devem ter um pai e uma mãe, é uma questão de princípio básico. Penso que isto não tem discussão.
Aguardem que a ciência avançe ao ponto de um "homem" poder engravidar, como aquele do Big Brother que queria ser "mãe" de um filho do Dédéu...Tratem-se!!!

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous rm said...

Não sou gay, mas se o fosse demarcava-me desta fantochada vergonhosa. Como é que querem ser levados a sério e respeitados se são os próprios a lançar-se no ridiculo?
Ninguém escolhe a orientação sexual mas isto é um serviço aberrante prestado a uma causa que devia ser séria.

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Não sou contra os homossexuais mas acho que se querem liberalizar os seus direitos, o deviam fazer de modo normal. Não usar essas roupas malucas e afins. Assim só mostram a ideia contrária. Façam a manifestação normal como todas outras manifestações. Talvez assim vos vejam com outros olhos e vos aceitem bem.
Atenção: Não é para faltar o respeito aos homossexuais. Não tenho tendência nenhuma e expressei a minha opinião porque apesar de tudo, todos nós somos livres de fazer escolhas.

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous rui said...

Em anos anteriores era a câmara que arcava com as despesas destas manifestação. Espero que não tenha sido o caso este ano.

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous neto said...

Se acredetamos na humanidade temos que acreditar na palavra casamento. O casamento e a uniao de dois sexos diferentes.Dois sexos iguais nunca serao casamento, mas talvez os homossexuais podem adoptar outro nome. Na fisica diz se que dois corpos com a mesma carga nunca se atraem portanto ha repulsao entre homossexuais. Para finalizar digo k todos homossexuais estao com demonios

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous joaquim said...

Estes supostos casais mais não são do que a vergonha de qualquer familiar que evidentemente seja uma pessoa normal. Assim sendo são um escória da sociedade. Quem os acarinha devia era mandá-los para onde aprendessem a ser homens e mulheres de quem tanto o Pais precisa e deixarem de ser aquilo que creem ser.Curem-se e entrem na realidade da vida que é como quem diz" Amai-vos e multiplicai-vos"

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous boris said...

Vocês sabiam que nos EUA muitas crianças adoptadas por homo são INFELIZMENTE discriminadas pelos colegas, sofrendo violência física e verbal. E que, para evitar estas situações, já começam a abrir escolas exclusivas para crianças adoptadas por homo. Que linda situação, a que as crianças estão sujeitas e expostas por causa do egoísmo dos homoss! Não queiram inventar um modelo novo de família.

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Os hetero não se querem casar: o n.º de casamentos tem diminuído e os homo querem casar para quê? Só para dar nas vistas. Juntem-se e vivam felizes como quiserem mas não tentem impôr o vosso modo de vida aos outros. Não podemos cair na ditadura da minoria. Querem ter os mesmos direitos?! Os homossexuais são uma minoria da sociedade logo não podem impor-se como uma maioria.

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Este atraso de vida, vem à baila por causa do enorme lóbi que esta gente tem!? No fim, manda no que quer!? Por isso eles gozam com as relações heterossexuais, mas se o mesmo for feito à anormalidade cínica que eles vivem, é homofobia! Ou seja, temos censura! Quanto à sida, se hoje é uma praga na sociedade, no início não o era! Todos sabemos bem, que houve conspiração para a passar, a outros!

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous ricardo said...

Em tudo na vida, na natureza, existe um equilibrio. A homossexualidade é um oposto, o k por si não significa que seja errada. Agora, falando a nível fiscal, como aqui alguém disse, não basta ter conta bancária conjunta, comprar casa juntos, etc. Quando um morre, o outro, por lei perde tudo, para a familia do falecido. É apenas uma tentativa de salvaguardar o que se construíu.

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous A Mim Me Parece said...

Ricardinho, filho, põe a casinha em nome do querido e mata-te. Pronto. Tens o teu problema (mais o dele) resolvido.

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous Acho eu said...

Era tudo a pegar de empurrão na Praça da Figueira...

domingo, junho 25, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Será que estes RABETAS depois do casamento tb querem uma operaçãozita de mudança de sexo paga por todos os contribuintes.

segunda-feira, junho 26, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Looking for information and found it at this great site... See girl go pee Black porn facesitting adderall with lexipro Latino behavior Black men ifuckingwhite girls http://www.nude-little-teen.info/free-paris-hilton-one-night-in-paris-movie.html Projector speakers of antivirus programs Paris hilton news

quarta-feira, março 07, 2007  

Enviar um comentário

<< Home

Divulgue o seu blog!