quarta-feira, abril 06, 2011

O governo decidiu auto suspender-se, suspenda-se esta treta de democracia...

O governo decidiu suspender a pouca reestruturação do Estado que estava obrigado a fazer e podia..

O governo socratino decidiu suspender tudo o que tira gordura ao Estado, no entanto continua a nomear sobrinhos e afilhados.

O goverm decidiu fazer birra e empurrar o país de vez para a ruína.

Diz que não pode.

O PR diz que não pode, mas não diz porquê, estará com birra (?), mas diz que é professor de economia.

Na Islândia as eleições atiraram para a rua o governo qeu destruiu a economia e fez duras negociações com o FMI, não levaram mais que 3% em juros.

Aqui o líder do PSD só diz asneiras e tem agenda neoliberal, conforme o FMI tem cartilha, já se viu na Irlanda e na Grécia no que dá, fala em reestruturar o IVA, mas reestruturar o IVA? Não lembra ao diabo, o semantismo.

O PCP dizem que se vai juntar ao BE, aplaude as greves de empresas falidas e que prejudicam quem ainda pode trabalhar.

Precisamos de novos Partidos políticos estes não servem, ou então precisamos de uma ditadura para limpar o Estado dos sobrinhos (nepotes) e dos boys como lhes chamam, para acabar pura e simplesmente com as PPS,( não há dinheiro não há palhaço), acabar com as empresas municipais, deixar de apoiar Fundações, (vão vender pensos ou vivam do que têm ou fechem), e acabar com os IPs e voltar às velhinhas Direcções Gerais, a bem ou a mal.

Na Islândia foi a bem, mas a Islãndia tem um povo islandês, nós temos um povo que acredita que os comprimidos que toma para não andar deprimido são de borla.

Não vai ser de borla, os gajos do PCP e do BE estão embalsamados ou querem ser, tal como os pensamentos deles do tempo do Lenine.

Este país precisa de novos partidos políticos, um chega, com homens de bem ou de uma ditadura, não vejo mais solução.

Salazar sabia o que este povo valia e sabia o que Cunhal esse taridor valia e sabia o que Soares esse traidor valia, teve-os à distância e o carrinho em Peniche foi lá colocado porque ele o queria à distância.

Não temos tempo e não há jantares de borla, muito menos pão.

4 Comments:

Blogger menvp said...

Sócrates continua a realizar o seu trabalho 'Bieldbergo':
- Mais activos do Estado desbaratados - Fundo da Segurança Social desfaz-se de investimentos para ajudar leilões de dívida.


Um blogger anónimo - para quem quisesse ler - escreveu o seguinte:
"Muitos partidos não passam de agencias e empresas internacionais travestidas de partidos para darem uma sensação de escolha,elas respondem directamente ao clube bilderberg e a sua missão é só uma:
Delapidar os sectores estrategicos,privatizar as joias de ouro,decapitar qualquer força opositora(no caso de Portugal a PJ e o Exercito) e depois criar uma policia privada mercenaria e um gigantesco complexo de vigilancia electronica."

.
CONCLUINDO: o Estado tem muitos defeitos... mas permite-nos participar (e procurar melhorar as coisas)... MAS... quem quiser ficar à mercê dos globalistas maçonicos do clube bilderberg - ser UM SERVO dos novos senhores feudais... tchau: que faça bom proveito!...
.
P.S.
O blogger anónimo referiu que muitos partidos políticos estão infiltrados de 'Bieldbergos', mas não só os partidos... os SINDICATOS também... veja-se o Terrorismo_CGTP:
- A filosofia do Terrorismo_CGTP é a seguinte: quem possui regalias acima da média... deve 'martelar' os mais fracos (um ex: aqueles que, como eu, estão dependentes dos transportes públicos para ir trabalhar)... para que depois os mais fracos façam pressão sobre o governo... no sentido de que este satisfaça as pretensões dos grevistas... frequentemente... desbaratando activos do Estado!

quarta-feira, abril 06, 2011  
Anonymous Anónimo said...

Todos sabemos.
Mas quem de facto são os Bilderberg? Não me refiro aos mordomos, criados, prostitutas e prostitutos.
Na Alemanha dá cana.
Dias antes do L&B e dos too big to fall estarem falidos tecnicamente as mesmas agências de rating davam AAA, aos que faliram, mas todos sabemos, para quem trabalham as agências de rating, são instrumentos de Wall Street, da chamada indústria financeira, não produz nada de jeito, são uma fábrica de sonhos que para a grande maioria, que não faz parte do grupo,se transformam em pesadelos.
Agora criaram uma nova bolha baseada nas chamadas dívidas soberanas, já tinham ouvido falar em dívidas soberanas?
Então o semantismo desta elite miasmática, inventou este termo porque agora não lhes interessam os estados soberanos e independentes.
Na Líbia, Egipto e em outros estados africanos, acabam com elas em nome da liberdade depois de infiltrrem gente estranha a esses países, os estados laicos não lhes interessam, o caos sim, foi demográfico, planeado desde a morte dos antigos líderes, colocam-nos e depois julgam-nos ou abatem-nos, no Iraque enforcaram-no, na Europa um estado como Portugal, o mais antigo país e nação da Europa, pode servir de exemplo e não me canso de reler a " Parábola do Grande Inquisidor" dos "Irmãos Karamazov" de Dostoievski, acerca da deposição da liberdade, aos pés do Grande Inquisidor, em troca do pão terreno.
Hoje ainda muita gente pensa que Portugal é possível.
Claro que é possível, mas pobre como a grande maioria da América e dos americanos.
A Europa não existe foi uma coisa feita para ser destruída, foi como o Tratado de Versalhes.
Pensem o que quiserem, ainda não se paga imposto, pode-se pagar, por pensar em voz alta.

quarta-feira, abril 06, 2011  
Anonymous pvnam said...

«os estados laicos não lhes interessam, o caos sim»

---> A superclasse (alta finança internacional - capital global) não só pretende conduzir os países à IMPLOSÃO da sua Identidade... como também... pretende conduzir os países à IMPLOSÃO economica/financeira.
.
DE FACTO:
-> A superclasse (alta finança internacional - capital global) ambiciona um Neofeudalismo - uma Nova Ordem a seguir ao caos...
[nota: a superclasse controla os Media, e não só...]
--->>> Começa-se a perceber que a superclasse (que andou a fomentar o caos por todo o lado...) está agora a apontar para uma Nova Ordem - Joe Berardo (19/02/11): "um novo género de ditadura que todos temos de aprender".
.

quarta-feira, abril 06, 2011  
Blogger skeptikos said...

«A Europa não existe foi uma coisa feita para ser destruída, foi como o Tratado de Versalhes.»

Claro que não.
«Porque silenciam a ISLÂNDIA?»

(Estamos neste estado lamentável por causa da corrupção interna – pública e privada com incidência no sector bancário – e pelos juros usurários que a Banca Europeia nos cobra.
Sócrates foi dizer à Sra. Merkle – a chanceler do Euro – que já tínhamos tapado os buracos das fraudes e que, se fosse preciso, nos punha a pão e água para pagar os juros ao valor que ela quisesse.
Por isso, acho que era altura de falar na Islândia, na forma como este país deu a volta à bancarrota, e porque não interessa a certa gente que se fale dele)

http://www.dodouro.com/noticia.asp?idEdicao=349&id=23501&idSeccao=3973&Action=noticia

quinta-feira, abril 07, 2011  

Enviar um comentário

<< Home

Divulgue o seu blog!