quarta-feira, julho 25, 2012

A Espanha é uma ideia que se desmorona, Portugal uma geleia que é engolida por uma Alemanha de velhos, até cair de pôdre...


El presidente de Foro Asturias y diputado por esta formación en la Junta General del Principado, Francisco Álvarez Cascos, ha acusado este miércoles al presidente del Gobierno central, Mariano Rajoy, de actuar "como un mendigo" en Europa ante Alemania, y ha solicitado la convocatoria de elecciones generales para "cambiar el rumbo" de la política en España.
En una rueda de prensa convocada para analizar la situación política del país, Cascos ha criticado al Gobierno del PP duramente, al que ha acusado de ser "absolutamente incompetente", porque es "un Gobierno impotente con mayoría absoluta", y se ha justificado en "los parámetros de su gestión".
Cascos ha acusado a Rajoy de "mendigar en Europa medidas de restablecimiento económico", cuando debería, a su juicio, "exigir medidas de recuperación de la unión entre los países beneficiados (Francia y Alemania) y los damnificados (entre ellos España)".
Considera que "no se puede prolongar en el tiempo un sistema perverso en el que los flujos de capitales se concentran en determinados países a tipos de interés mínimos, para luego servir de plataforma de financiación a los países de procedencia de aquellos a tipos de interés insoportables para sus cuentas públicas".
Desde su punto de vista, de mantenerse esta situación, habría que "replantearse la salida del euro antes de que nos echen".

1 Comments:

Anonymous pvnam said...

UM PALMO À FRENTE DO NARIZ

-> A existência duma estratégia demográfica… foi sempre considerada como fundamental para uma estratégia de luta pela SOBREVIVÊNCIA de longo prazo: ver este blog Origem Tabu-Sexo.
-> Ora, existindo não-nativos JÁ NATURALIZADOS com uma demografia imparável em relação aos nativos… como seria de esperar, abunda por aí muita conversa para ‘parvinhos-à-Sérvia’.
.
-> Quem só vê um palmo à frente do nariz… anda por aí, de década em década, numa alegre decadência ‘kosovariana’.
—>>> Não vamos ser uns ‘parvinhos-à-Sérvia’… antes que seja tarde demais, há que mobilizar aquela minoria de europeus que possui disponibilidade emocional para se envolver num projecto de luta pela sobrevivência… e SEPARATISMO-50-50!...


Nota 1:
São duas formas de estar no planeta completamente diferentes:
- os anti-separatismo (globalization-lovers) ameaçam com 'isto', ameaçam com 'aquilo', e andam numa busca de pretextos para negar o Direito à sobrevivência de outros;
- pelo contrário, para os pró-separatismo, os outros que fiquem na deles..., os pró-separatismo apenas querem o sobreviver da sua Identidade e terem o SEU espaço no planeta.
.
Nota 2:
Não faz sentido andar a perder tempo com pessoal que não se preocupa em construir em construir uma SOCIEDADE SUSTENTÁVEL (média de 2.1 filhos por mulher)... que critica a repressão dos Direitos das mulheres e em simultâneo, para cúmulo (!!!), defendem que se deve aproveitar a boa produção demográfica proveniente de determinados países [aonde essa 'boa produção' foi proporcionada precisamente pela repressão dos Direitos das mulheres] para resolver o deficit demográfico na Europa!

quinta-feira, julho 26, 2012  

Enviar um comentário

<< Home

Divulgue o seu blog!